(11) 99627-0616 contato@clinicaspavanatto.com.br
(11) 99627-0616 contato@clinicaspavanatto.com.br

Covid-19 e o aumento do uso de álcool e outras drogas

Covid-19 e o aumento do uso de álcool e outras drogas

De fato, a covid-19 veio para marcar a nossa história. Em sua maior parte, de forma negativa, infelizmente. Neste artigo nós vamos falar sobre a covid-19 e o aumento do uso de álcool e outras drogas. Boa leitura!

De acordo com uma pesquisa feita pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), 18% das pessoas relataram aumento no consumo de álcool e 34% de tabaco na pandemia.

Na ingestão de bebidas alcoólicas, os maiores aumentos foram registrados na faixa etária de 30 a 39 anos (24,6%) e de 18 a 29 anos (18,6%).

Esses acréscimos foram associados à frequência de se sentir triste ou deprimido. Dos que relataram maior uso, 24,2% se sentiram dessa forma sempre que beberam.

A presidente da Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas (Abead), Renata Brasil Araújo, explica que as pessoas fazem uso das substâncias como estratégia de enfrentamento para lidar com os sentimentos e incertezas da pandemia.

“Em um primeiro momento, há sensação de alívio, mas depois causam desequilíbrio neuroquímico que induz os sintomas de ansiedade, por exemplo, que a pessoa quer evitar”, relaciona a psicóloga, que é chefe da Unidade de Desintoxicação e coordenadora do Programa de Transtornos Aditivos e Terapia Cognitivo-Comportamental do Hospital Psiquiátrico São Pedro.

Ou seja, o consumo de drogas ou álcool pode ajudar logo de início, mas depois a situação volta como estava antes de consumir a substância. Ou pode ficar ainda pior.

Covid-19 e o aumento do uso de álcool e outras drogas: os efeitos de cada substância

Covid-19 e o aumento do uso de álcool e outras drogas

No cenário da covid-19 e o aumento do uso de álcool e outras drogas, os riscos são diferentes para cada substância. Para além do álcool e do cigarro, o café e os chás também são psicoativos lícitos e fazem parte do cotidiano de milhões de pessoas.

Fármacos variados, usados com ou sem receita médica, produzem diferentes efeitos. O mesmo vale para as drogas ilícitas, que vão da maconha às “drogas de festa”, como MDMA, cocaína e LSD.

Uma das principais preocupações é que o abuso de algumas substâncias possa resultar em quadros futuros de dependência química.

Entra na conta também a interação do consumo com problemas de saúde mental novos ou preexistentes, como ansiedade e depressão.

Além disso, com indicativos de aumento da violência doméstica durante o isolamento em vários países, principalmente o álcool pode ser um agravante para episódios de agressão.

Dentre as substâncias, as bebidas alcoólicas são campeãs entre os brasileiros e se destacam quando o assunto é a preocupação dos especialistas.

Na pesquisa Convid, realizada pela Fiocruz, UFMG e Unicamp e que analisou dados de mais de 44 mil brasileiros coletados entre abril e maio, 18% das pessoas relataram aumento no consumo de álcool na pandemia e, mais grave, isso foi associado à frequência de se sentir triste ou deprimido.

A Clínica Pavanatto entende que estamos passando por momentos difíceis. Mas aconselhamos que você não use substâncias químicas para tentar “aliviar a tensão”.

Você só vai agravar ainda mais a situação destruindo sua saúde física e mental. E vai também criar um problema para aquelas pessoas que amam você.

Agora, se você precisa de ajuda para se livrar das drogas, conte conosco!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.