(11) 99627-0616 contato@clinicaspavanatto.com.br
(11) 99627-0616 contato@clinicaspavanatto.com.br

Codependência: entenda o que é e sua relação com a dependência química

Codependência

Em nosso site e também agora em nossas redes sociais sempre estamos falando da dependência química e de assuntos relacionados à ela. Mas um assunto que ainda não falamos, pelo menos não de forma mais abrangente é a codependência. Pois bem, chegou o momento de falarmos dela! Continue lendo.

Como já falamos aqui algumas vezes, a dependência química é uma doença, mas também é um problema que vai além disso. Ela causa diversos problemas ao próprio usuário de drogas, afetando não apenas sua saúde física e mental, mas também atrapalha outros aspectos da vida como o social, por exemplo.

E além de prejudicar o dependente químico, também pode afetar outras pessoas que fazem parte de seu convívio, principalmente a família. E aí que a codependência entra na história.

A codependência ainda não possui uma definição concreta do que ela realmente é. Ela é um termo recente na terapia. Alguns a chamam de transtorno, outros de doença, mas independentemente de sua definição, ela existe e é mais comum entre as pessoas do que imaginamos.

Em muitas situações, quando as letras “C” e “O” juntas formando a sílaba “CO” aparecem antes de alguma palavra, dão a entender que estão interligadas com a palavra que vem logo depois delas. Por exemplo: copiloto. É aquela pessoa que está interligada com o piloto e compartilha de suas funções e ações. No caso da dependência, a situação é a mesma, a dependência química acaba por afetar uma outra pessoa mais próxima, geralmente um familiar (pai, mãe, cônjuge, etc.)

Como a codependência age?

Como a codependência age

Analisando um cenário onde um membro de uma família se torna dependente químico, um codependente, antes de se tornar de fato codependente tende a ignorar o problema em sua família. Por exemplo, mesmo com alguns vestígios de que algo está errado com o familiar (mudança de comportamento é um deles) pode ocorrer uma negação. Fingir que não sabe, ignorar, para evitar maiores problemas.

Até que chega o momento onde não há mais possibilidades de ignorar. E após aceitar que este familiar faz uso de drogas e vencer mais uma barreira para procurar ajuda, esta pessoa ainda é confrontada com a ideia de que ela é parte do problema, ela retroalimenta essa relação disfuncional em que se instalou o abuso de drogas ou a dependência química.

Uma das principais características da codependência é o controle. Após a aceitação, sem ainda saber como lidar com a situação de forma adequada, a família acredita que deve controlar, que poderá mudar a situação desta forma. Cada vez mais sem controle da situação, a família mantém a ilusão do controle sobre o uso e fica obcecada pelo comportamento de seu familiar.

Quando isso acontece e o familiar fica obcecado em controlar o comportamento do outro, ele se afasta cada vez mais de si mesmo, deixando de lado o controle de sua própria vida, perdendo aspectos de sua identidade, ficando cada vez mais mergulhado num universo fora de si, rejeitando tudo aquilo que é seu, que precisaria ser visto, cuidado, amado. Ele se autoabandona. Daí então o termo codependência. O familiar se torna codependente do outro.

Mas tanto dependência química quanto codependência possuem tratamento e você pode saber mais a respeito entrando em contato com as Clínicas Pavanatto. Estamos à sua disposição!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.