(11) 4023-1145 (11) 94954-9145 contato@clinicaspavanatto.com.br
(11) 4023-1145 (11) 94954-9145 contato@clinicaspavanatto.com.br

Clínica de reabilitação para alcoólatras é mesmo necessária?

Para pessoas que sofrem com o alcoolismo, será que recorrer a uma clínica de reabilitação para alcoólatras é algo realmente necessário? É o que nós vamos abordar neste artigo. Continue lendo para saber mais.

Quando falamos em pessoas que sofrem com o alcoolismo, não estamos nos referindo apenas àqueles que são dependentes alcoólicos, ou seja, os alcoólatras, como são popularmente conhecidos.

Falamos das pessoas do seu convívio familiar que também sofrem muito, talvez até mais do que o próprio alcoólatra.

Antes de responder diretamente se uma clínica de reabilitação para alcoólatras é mesmo necessária, precisamos entender o que é o alcoolismo.

Muitos confundem alcoolismo com abuso do álcool ou beber pesado episódico. O abuso do álcool, como o nome sugere, é quando um indivíduo abusa da bebida alcoólica, “passando da conta”, por assim dizer.

Esse “passar da conta” pode ser quantificado de uma forma mais exata, pois há quem diga que uns são mais “fracos” para bebidas alcoólicas do que outros.

Ser “fraco” ou “forte” para beber pode estar relacionado à tolerância ao álcool. Ou seja, aguentar beber mais do que o outro não significa um bom sinal. Pelo contrário, este pode ser um sinal de dependência.

Voltando a falar do limite de consumo de álcool, de acordo com a OMS, o consumo máximo de álcool por semana é de 21 unidades para homens e 14 unidades para mulheres, cada unidade equivalente a 10g de álcool. O número de unidades em diferentes bebidas é apresentado na tabela abaixo:

 

Bebida

Concentração alcoólica

Medida (ml)

Volume de álcool

Unidades

Vinho

12

1 cálice (90)

11

1,1

Cerveja

5

1 lata (350)

17

1,7

Destilados

40

1 dose (35)

20

2,0

Clínica de reabilitação para alcoólatras, uma solução inteligente

Clínica de reabilitação para alcoólatras

Voltando a falar do alcoolismo para defini-lo sem delongas, ele é uma doença crônica, ou seja, sem cura. E mata todos os anos mais de 3 milhões de pessoas.

Mais uma vez reforçando que, beber muito, seja de vez em quando ou com certa frequência, não é necessariamente sinal de alcoolismo.

O alcoolismo é caracterizado pela dependência. Ou seja, o indivíduo não consegue controlar a sua vontade de consumir álcool.

Não tem nada a ver com desvio de conduta, de caráter ou algo do tipo. Um alcoólatra, ou melhor, um dependente alcoólico, é uma pessoa que necessita de ajuda profissional para vencer esse transtorno mental chamado alcoolismo.

E é justamente aí que entra a clínica de reabilitação para alcoólatras. Ela é um local inteiramente pensado e planejado para cuidar de pessoas em grau complexo de vício com a bebida.

Complexo no sentido de que se trata de uma pessoa que já não tem mais condições de tomar as próprias decisões.

Que não tem mais controle sobre as próprias ações e que, muitas vezes, já está com saúde física debilitada por conta da frequência e da grande quantidade de consumo da bebida alcoólica.

E é em cima desses pontos que a clínica de reabilitação para alcoólatras vai trabalhar. Pois o alcoolista sofre muitos aspectos e tratar só a questão química não é o suficiente.

Para que o paciente se recupere sem recaídas é preciso tratá-lo em tempo integral e com muita técnica para que ele aprenda a lidar com vício. Entre muitos outros detalhes que somente a clínica de reabilitação para alcoólatras pode cuidar.

Portanto, ela é sim necessária para o alcoolista.

Se você precisa de ajuda para lidar com o alcoolismo, entre em contato conosco. Estamos prontos para ajudar!

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.