(11) 94954-9145 contato@clinicaspavanatto.com.br
(11) 94954-9145 contato@clinicaspavanatto.com.br

A importância da família no tratamento da dependência química

A importância da família no tratamento da dependência química

Sozinho eu não consigo” – esse é um dos lemas mais famosos de Narcóticos Anônimos, o que sugere que ninguém consegue se livrar das drogas sozinho, assim a importância da família no tratamento da dependência química é algo crucial. Por conta de motivos como este que a Clínica Pavanatto demonstra qual é o real papel da família no acesso à informação e viabilização da recuperação do paciente usuário de drogas.

A dependência química é uma doença, com CID próprio e que reflete na parte psíquica e comportamental do usuário. Assim, por mais que o usuário faça o uso contínuo da substância e queira parar, é difícil alcançar o sucesso sozinho. Posto isso, mesmo com muita força de vontade, a pessoa que tira a substância da sua vida de uma hora para outra, sem os devidos pilares do tratamento pré-estabelecido, tem altas chances de recaída.

Por conta disso, estender a mão para essas pessoas que sofrem com o vício é fundamental para criar um esboço para o tratamento. A matéria no site da UFES (Universidade Federal do Espírito Santo) aponta que há entre 2,8 milhões de consumidores de cocaína e crack, contra os 4,1 milhões do primeiro colocado. O Brasil só perde para os americanos quando o assunto é “pó”. Contudo, nossa apuração dos dados é deficitária, o que sugere que esses números são elevados e alarmantes.

Por conta disso, e outros fatores em conjunto, é importante salientar que temos outros agravantes como a rota do tráfico, por conta da fronteira com os produtores de pasta base como Peru, Colômbia e Bolívia. Deste modo, temos a cocaína e o crack mais baratos do mundo e com potência suficiente para aumentar e atender a demanda nacional de narcóticos.

Hoje, infelizmente, cresce o número de dependentes químicos em comparação a oferta de tratamento. Portanto, é necessário que a demanda que têm condições de realizar o tratamento, recorram ao processo. Para que isso ocorra, é necessário que o usuário se abra com a família e entes queridos.

Como uma intervenção familiar pode ser primordial para realizar o recurso terapêutico

A importância da família no tratamento da dependência química é tão grande que consiste em 50% do pontapé inicial para a recuperação, sendo os outros 50% a vontade do usuário em se recuperar. Como uma intervenção familiar pode ser primordial para realizar o terapêutico ao ponto de mostrar para o paciente a realidade? É este ponto que a Clínica Pavonatto quer levantar para incitar o tratamento desses usuários de álcool e drogas.

Para que a pessoa se abra para com a família, é importante que ela tenha intimidade para colocar para fora os sentimentos de remorso do uso de drogas. Para que isso ocorra de maneira natural, é preciso que o indivíduo que vai ouvir o dependente não o julgue, mas o escute.

Quando alguém usa as drogas, é porque aquelas substâncias são a solução de outros problemas que o levam a ter gatilhos. Por conta disso, observar, ouvir, interagir e propor soluções sensatas, é importante para que a reabilitação seja viável.

Sempre aconselhamos que a família faça uma reunião e comece a elaborar um plano. Colocar à mesa o que está acontecendo e deixar o dependente químico se expressar, é uma forma de cuidado e amor.

Contudo, é preciso firmeza e também ser realista para que não seja conivente com o processo adictivo do usuário. É preciso bater na tecla da recuperação e não postergar para depois. Já que, quanto mais se procrastina o tratamento, mais a doença evolui para um quadro de descontrole.

Quando o assunto é dependência química, é preciso ser rápido.

Percebeu que o usuário se abriu e está apto a realizar o tratamento, quando o assunto é dependência química, é preciso ser rápido. Não dá para deixar para depois. Recorrer ao atendimento CAPS com médicos psiquiatras para se ter um diagnóstico é importante. Assim, já se inicia o tratamento medicamentoso para ajudar o paciente alcoólatra ou dependente químico a não ter fissuras ou sensação de abstinência.

É possível sim realizar o tratamento em casa, desde que o paciente não recaia na substância. Contudo, caso haja reincidência no uso de narcóticos, a melhor maneira de viabilizar a libertação das drogas é dentro de uma clínica de recuperação para dependentes químicos.

A clínica não dói, não mata, não faz mal a ninguém. As clínicas, na verdade, são unidades que distanciam o paciente da droga e que fazem com que ele aprenda a ter uma vida sem a substância. Transformando os hábitos e trabalhando o psicológico de uma forma branda, mas ao mesmo tempo, incisiva e humanitária.

Para pacientes crônicos o tratamento é doloroso porque infelizmente ficar sem a droga pode ser algo impensável. Por conta disso, a importância da família no tratamento da dependência química é justamente ser firme quanto ao processo de recuperação.

Novos horizontes dentro de uma clínica de dependentes

Ao longo do recurso terapêutico o paciente usuário de drogas começa a aprender novos horizontes dentro de uma clínica de dependentes químicos. Com o apoio clínico de um psiquiatra, acompanhamento com um psicólogo, assistente social, equipe de enfermagem e de monitoria, o paciente fica amparado 24 horas, sete dias por semana.

Assim, qualquer sentimento que incite gatilhos para uso e que gerem agitação dentro da unidade, são trabalhados e expostos para o psicólogo. No todo do tratamento, o dependente aprende a lidar com sentimentos como a raiva, impotência, ansiedade, depressão, angústia e repressão.

Isso o tornará mais forte e preparado para lidar com o mundo no pós tratamento. A Clínica Pavanatto é a pioneira na reabilitação de pacientes alcoólicos e drogados na grande São Paulo. Temos diversos pacotes de internação sendo: involuntários, voluntários e compulsórios.

Por fim, nossas unidades estão capacitadas e preparadas para ajudar todos os pacientes com CID de dependentes químicos ou alcoólatras, além do tratamento para pacientes com comorbidades como esquizofrenia, TAB, TAG, borderline e outros. A importância da família no tratamento da dependência química em conjunto com uma equipe técnica capacitada é necessária para se iniciar o recurso terapêutico. Entre em contato pelo telefone (11) 94954-9145 e ajude quem realmente precisa.

Autor: Renan Rugolo Ré – Clínica Pavanatto

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.